Marcel Sampaio

859990.2063

Corretor de imóveis: manual básico de otimização para buscadores

por Marcel Sampaio

O assunto de hoje é muito importante para quem realmente deseja ser encontrado na internet: a otimização para buscadores, também conhecida como SEO. Você já ouviu falar nesse termo, corretor de imóveis?

Confira também meu artigo sobre ferramentas para identificar palavras-chave.

Caso não conheça esse termo, não precisa se preocupar que vou explicar agora. SEO significa Search Engine Optimization, e em português ele é conhecido como otimização de sites ou otimização para mecanismos de busca. Por mais que pareça um termo difícil, sua função é simples: trata-se da aplicação de técnicas para melhorar o posicionamento de um site nos buscadores.

O SEO não garante que o seu site será o primeiro nas ferramentas de busca. Contudo, vamos aprender algumas técnicas para otimizar seus resultados nessa área.

1- Cuidado ao escolher seu domínio

 

Antes de definir seu domínio, pesquise se ele já não foi utilizado ou se não é semelhante a algum outro. Será prejudicial se você escolher para seu blog, site ou página um nome que já tenha sido utilizado. Uma dica é fazer pesquisas no Google e tentar descobrir se o domínio foi utilizado e se o mesmo foi penalizado pelo Google, podendo te prejudicar.

Quando você for criar o seu domínio, é interessante optar pelas duas opções de endereço, com e sem o “WWW”, a fim de que estejam corretamente direcionadas para seu site. Assim, outra pessoa não poderá criar um domínio parecido com o seu e receberá os seus benefícios em termos de SEO. Tente garantir o máximo de opções, seja com e sem o “WWW”, “.com.br” e “.com”. Não dê oportunidades para os outros trabalharem com o seu domínio.

2- Produção de conteúdo

 

Ao produzir conteúdo atrativo, de preferência em seu blog, tente resumi-lo sem deixar de ser claro na sua constituição, pois as pessoas preferem textos mais objetivos na internet. Ou seja, tente atraí-los com o mínimo de caracteres possíveis, não deixando de ser bem explicativo, pois assim você conseguirá mais acessos.

3- Palavras-chave

Também chamadas de “keywords”, as palavras-chave exercem um papel fundamental e devem variar de acordo com o tema abordado. No entanto, cuidado com a quantidade de palavras-chave utilizadas, pois o Google pode penalizar seu site. Use com sabedoria e bom senso.

4- Melhore seu posicionamento gerando links

 

Se você ainda não tem um bom posicionamento nas buscas do Google, deve trabalhar na obtenção de links apontando para seu site ou blog. Eles podem ser conseguidos a partir de comentários em outros blogs, participando de fóruns de discussão sobre os mesmos assuntos que os seus, utilizando bons agregadores de notícias e, o mais importante: conquistando links naturalmente em outros blogs. Você obtém estes links escrevendo artigos originais e de qualidade.

Utilize suas redes sociais e faça parceiros. Muitas vezes uma comunidade bem engajada, e ativa nas redes sociais, vale ouro. Unindo isso a um trabalho técnico de qualidade você consegue resultados incríveis.

 5- Estrutura do conteúdo

 

Em primeiro lugar, o conteúdo tem que ser muito relevante e de qualidade, pois é ele a chave do seu negócio. Além disso, tente visualizar quais dúvidas os seus leitores poderão ter e responda no seu conteúdo muito antes deles perguntarem, assim o seu texto será mais bem aproveitado e mais fácil de ser achado, e as pessoas passarão mais tempo lendo o seu conteúdo. Mas não só um texto bonito conta: a estrutura da postagem é ainda mais importante.

Título: É muito importante que a palavra-chave esteja no título, além de colocá-la no início da frase, pois o Google tende a encurtar títulos grandes.

URL amigável: Toda página possui um endereço de acesso, também chamado de URL. E a palavra-chave deve estar neste endereço. Daí surge a denominação amigável, pois o endereço deve expressar o conteúdo da página.

Primeiro parágrafo: Não é um fator determinante, mas ter a palavra-chave no primeiro parágrafo do texto ajuda a otimizar ainda mais o conteúdo que você pretende posicionar.

Descrição: Além do titulo e da URL, você também deve utilizar a palavra-chave na descrição da página, pois estes dados aparecem nos resultados dos buscadores, explicando ao leitor um pouco mais a respeito do tema abordado. Trocando em miúdos, pode ser através da descrição que uma pessoa decide clicar em seu link.

Imagens: Nomeie as imagens utilizadas de acordo com o que elas mostram, sempre utilizando a palavra-chave principal do seu texto.

O que URL, Título, Descrição e Conteúdo têm em comum? Eles fazem com que a palavra-chave apareça nesses quatro segmentos. Assim, o Google auxilia o usuário encontrar seu link.

Trouxe somente dicas básicas para começar a utilizar SEO em seu site ou blog, mas ainda há muito a desvendar. Pesquise mais sobre os termos abordados e perceberá o quanto eles são importantes para o seu posicionamento.

Aproveite e confira o meu curso online GRATUITO de “7 Dicas Infalíveis para Vender Imóveis na Internet”.

marcel-sampaio-corretor-de-imoveis-curso-online-gratuito

Qualquer dúvida ou dicas, é só deixar nos comentários que responderei com prazer.

#escrevaseufuturo

Comentários

Compartilhe

Marcel Sampaio

Marcel Sampaio

Professor de matemática, palestrante e Gestor de Marketing Imobiliário Digital. Apaixonado por livros e empreendorismo na web.

COMENTE VOCÊ TAMBÉM

5 comentários

  1. 30 setembro, 2014 - yung sook bae

    agradeço pelas dicas e ensinamentos valiosos! surgiu minha duvida depois dessa leituras corridas.qual diferença etre fan page e blog?desculpe-me pela perguta básica.


  2. 3 outubro, 2014 - Marcel Sampaio

    Yung, a fanpage é uma página no Facebook, sempre voltada para o lado comercial, diferentemente do perfil. Já o blog é um repositório de artigos, os quais podem conter informações em diversos formatos: texto como vídeo incorporado, imagens e texto, etc. O blog é feito para informar e ao mesmo tempo vender. E a fanpage leva tráfego do Facebook para esse ambiente de informação. Espero poder ter ajudado. Abraços! #escrevaseufuturo


  3. 24 outubro, 2014 - Marcos Luiz Gaspari

    Parabéns, o iniciante e até mesmo quem ser melhor, deve levar em conta essas indicações. Como comentei para o Michael Oliveira, o aluno/iniciante deve ser conduzido como a uma criança ou a um idoso.


  4. 23 dezembro, 2014 - Marcel Sampaio

    Vá estudando e praticando que logo logo vira espero no assunto Marcos. Um grande abraço! #escrevaseufuturo


  5. 5 agosto, 2015 - tuti junqueira

    Gostaria que comentasse meu e-mail, nome de web site essas coisas. VirandoDono seria uma palavra chave que insitaria a pessoa vir a ser proprietário se tornando Dono. obrigado tuti.


859990.2063

Rua Rodrigues Júnior 654. Centro - Fortaleza - CE

Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades e notícias direto no seu e-mail.